MENU

29/03/2021 às 21h17min - Atualizada em 29/03/2021 às 21h17min

CRB ganha R$ 675 mil na Copa do Brasil e CSA segura ASA com time alternativo

Por: MARLON ARAÚJO
http://blog.tnh1.com.br/blogdomarlon

O final de semana para os clubes alagoanos teve situações bem distintas. O CRB assegurou classificação na Copa do Brasil ao derrotar o Goianésia por 3 a 2. Já o CSA optou por poupar o time titular contra o ASA e mesmo com o time alternativo, conseguiu o empate.

Ao vencer o Goianésia, o CRB garantiu um importante recurso de R$ 675 mil para o clube e para a nova direção que assume em abril. O time mostrou poder de fogo ofensivamente ao marcar três gols, mas, ao mesmo tempo, demonstrou uma deficiência na finalização e voltou a perder muitos gols. Já defensivamente, o time mostrou falhas pelos corredores defensivos que deixam uma preocupação para futuros compromissos.

Roberto Fernandes ainda busca dar ao CRB uma mecânica semelhante ao que apresentou em seu trabalho da chegada para os jogos finais da Serie B. Muito desta condição está aliada a ausência de eficiência dos homens que atuam pelos lados do campo. Principalmente Luidy ainda mostra instabilidade no rendimento. Inteligente, Roberto Fernandes compensa a deficiência dos extremos com a presença de laterais, seja com Reginaldo, mais agudo e que até atua como uma dobra de lateral ou com Guiherme Romão, que após começar mais tímido, já começa a ser soltar, participar de lances ofensivos e até mesmo chegar para finalizar em gol.

Já o CSA claramente optou por priorizar a Copa do Nordeste pois na quarta-feira, o time azulino tem um jogo decisivo contra o Ceará no Castelão. A situação aliada ao desgaste da equipe fez o técnico Mozart optar por usar um time reserva. Entre os jogadores utilizados, o CSA poderá ter a composição de Tito, zagueiro da base, João Victor – meio campista da base, Bruno Mota, meia contratado e que tem crescido no conceito da própria comissão técnica e Iury Castilho como um segundo atacante até no time titular.

Mozart opta como base do seu trabalho, a intensidade física de quem é escalado na formação da equipe azulina.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »