MENU

30/04/2022 às 17h56min - Atualizada em 30/04/2022 às 17h56min

Sonho da carteira de motorista está mais perto para alunos do programa CNH Social

Mais de 300 alunos do programa estão tendo aulas teóricas e práticas nas autoescolas

Marcos André Aguiar / Secom Maceió
https://maceio.al.gov.br/
Jackeliny Lins, de 21 anos, já está finalizando as aulas teóricas. Foto: Gabriel Moreira / Secom Maceió

O programa criado pela Prefeitura de Maceió em dezembro de 2021 veio para facilitar o acesso de quem mais precisa ao mercado de trabalho. A importância da primeira Carteira Nacional de Habilitação (CNH), sem custos, ajuda e muito nesta inclusão. A edição inicial do CNH Social está com pouco mais de 300 selecionados passando pelas fases necessárias para a retirada do seu passaporte para o emprego.

A iniciativa é voltada para pessoas em situação de vulnerabilidade, inscritas no Cadastro Único, que dificilmente teriam a condição financeira de conseguir uma carteira de motorista. Os participantes podem optar pelo Curso de Formação de Condutores nas categorias carro ou moto.

As aulas foram iniciadas em janeiro deste ano e os alunos estão muito empolgados com a oportunidade que estão tendo de ter a primeira CNH. Jackeliny Lins, de 21 anos, é caixa de pizzaria e já está finalizando as aulas teóricas na autoescola e contou como está sendo a experiência de participar do programa.

“É simplesmente maravilhoso, pois a gente junta dinheiro para tentar tirar a CNH e acaba gastando no caminho. Então, quando a Prefeitura chegou dizendo que nós conseguiríamos fazer sem custo algum, eu corri logo e me inscrevi. Fico feliz por ter sido contemplada por esse programa social”, contou a caixa.

De acordo com o IBGE, existem cerca de 13,9 milhões de desempregados no país. Alagoas registrou uma taxa média de desocupação de 14,5% no último trimestre de 2021. O programa tem justamente este propósito de diminuir o vácuo entre as pessoas e os postos de trabalho. Jackeliny Lins entende que vai acontecer com ela.

Alunos acompanham atentamente as aulas teóricas para depois iniciar as aulas práticas no programa CNH Social. Foto: Gabriel Moreira / Secom Maceió

Alunos acompanham atentamente as aulas teóricas para depois iniciar as aulas práticas no programa CNH Social. Foto: Gabriel Moreira / Secom Maceió


Alunos acompanham atentamente as aulas teóricas para depois iniciar as aulas práticas no programa CNH Social. Foto: Gabriel Moreira / Secom Maceió

“Eu pretendo fazer entregas no meu tempo vago, já que optei na categoria A- Motos. Vai me ajudar bastante, até para me locomover ao lugar onde trabalho”, disse a otimista Jackeliny Lins.

O diretor da Autoescola Alagoana, uma das 12 participantes do programa, falou um pouco do impacto do CNH Social nas autoescolas.

“Estamos participando de um projeto pioneiro da Prefeitura de Maceió e de causa social. Queremos parabenizar ao prefeito, JHC, visto que esse programa abre portas ao mercado de trabalho para as pessoas mais carentes, dando autonomia e abrindo um leque de opções enorme. É muito bom ver todos os alunos assistindo as aulas e empolgados com a oportunidade que lhes foi dada”, disse Theo Vasconcelos.

O programa CNH Social é uma iniciativa de sucesso em Maceió. Até o setor de Projetos da Secretaria de Ciência e Tecnologia da Prefeitura de Macaé, no Rio Janeiro, mostrou interesse em conhecer o programa.

De acordo com o secretário adjunto da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), Moacir Teófilo, a missão do programa CNH Social é gerar novas oportunidades e mudar vidas. “É muito gratificante ver nossa população aderindo e participando desse projeto da gestão JHC. Em breve teremos mais vagas sendo disponibilizadas para a população”, destacou Moacir.

Caminho facilitado - Antes das aulas teóricas na autoescola, os alunos passaram por um Curso de Qualificação com o Sest/Senat. O processo inicial abordou noções de transporte rodoviário, de carga e de passageiros, além de logística, atendimento ao público, postura no ambiente de trabalho e relações interpessoais. Tudo para que os candidatos cheguem com uma preparação melhor no mercado de trabalho.

O programa também oferece transporte com o cartão Vamu, da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), que custeia o embarque nos ônibus do Sistema Integrado de Mobilidade de Maceió (SIMM) e garante o acesso dos alunos às autoescolas.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »