MENU

28/02/2022 às 14h33min - Atualizada em 28/02/2022 às 14h33min

COI recomenda exclusão de atletas russos de competições internacionais

Thomas Bach e Gianni Infantino prometem mais conversas sobre Mundial bienal

LANCE!
msn.com.br
Foto: FABRICE COFFRINI / AFP)

O Comitê Olímpico Internacional (COI) recomendou a exclusão de atletas da Rússia e da Bielorrússia em competições esportivas internacionais. Devido ao conflito entre a nação de Vladimir Putin e a Ucrânia, o órgão propõe sanções que possam ser adotadas contra o Kremlin.

Caso a retirada de atletas dos dois países não seja possível, o COI recomenda que os atletas dos dois países não participem de competições sob a bandeira de suas nações, como aconteceu com a Rússia na Olimpíada de Tóquio, e que os eventos aconteçam em sedes neutras e sem a presença de seus hinos.

O organismo esportivo também recomenda que não seja realizada nenhuma competição esportiva na Rússia ou na Bielorrúsia e retirou a Ordem Olímpica de Vladimir Putin, concedida em 2001, e outros dois membros do comitê olímpico russo.

- A atual guerra na Ucrânia, entretanto, coloca o Movimento Olímpico em um dilema. Enquanto atletas da Rússia e da Bielorrússia estão aptos a participar de eventos esportivos, muitos atletas da Ucrânia estão impedidos de fazê-lo por conta do ataque ao seu país.

Nesta segunda-feira, o "Bild" divulgou que o Spartak Moscou seria excluído de participar da Europa League. Enquanto isso, a Fifa deve tomar uma decisão a qualquer momento sobre a participação da Rússia na participação da repescagem da Copa do Mundo.
 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »