MENU

10/02/2022 às 12h39min - Atualizada em 10/02/2022 às 12h39min

Caso Izairis: suspeito de feminicídio é preso pela polícia 10 dias após o crime

TNH1 com Ascom PC - AL
https://www.tnh1.com.br/noticia
Por: Divulgação
A Polícia Civil de Alagoas confirmou a prisão do suspeito do feminicídio de Izairis dos Santos Souza, de 27 anos, ocorrido no conjunto Cleto Marques Luz, em Maceió, no último dia 31. O delegado Fábio Costa deu detalhes sobre a captura do homem, realizada na manhã desta quinta-feira, 10, em entrevista coletiva à imprensa, no início da tarde de hoje.

Izairis foi encontrada morta na casa onde morava com o companheiro e a filha do casal, na parte alta da cidade. O principal suspeito do crime, desde o início, foi o marido dela, cujo nome não foi divulgado devido à Lei de Abuso de Autoridade. Segundo Costa, o homem cometeu o crime, fechou a porta e fugiu, levando com ele a criança.


https://www.tnh1.com.br/noticia/nid/suspeito-de-feminicidio-manda-audio-para-familia-da-vitima-desculpa-ai/


Em entrevista, o delegado disse que o autor do crime apresentou uma nova versão em depoimento, em que afirma ter sido ameaçado com faca pela companheira. "As contradições existem desde o cometimento do crime. A vítima estava na cozinha, possivelmente cozinhando alimentos, e foi atingida nas costas. Ele disse que a vítima teria ligado para um suposto amante, colocado no viva-voz e provocado ele. Depois pediu para o suposto amante ir na casa do casal para que ele matasse o marido. Mas, desconfiamos desse fato desde o princípio", explicou Fábio Costa.

"Hoje ele apresentou outra versão, disse que ela não ligou para ninguém. Ele afirmou que ela estava na cozinha, pegou uma faca e tentou atingi-lo. Porém, provavelmente mais uma mentira. Ele está tentando um álibi para ver se cola uma justificativa de legítima defesa, mas estamos atentos. Através de todas as provas, dos laudos, vamos robustecer o inquérito para que não fique nenhuma dúvida sobre as circunstâncias e a motivação do crime", continuou o delegado.

O suspeito também confirmou às autoridades que a filha do casal foi deixada na casa de familiares dele. Durante os dez dias, o homem ficou escondido na residência de parentes, na cidade de Porto de Pedras, Litoral Norte do estado.

"Ele e a Izaíris eram casados, estavam juntos há três anos. O tempo de relacionamento é a idade da filha do casal. Ele foi interrogado na presença do advogado e confessou todos esses detalhes".

Áudio para a família da vítima - O suspeito enviou um áudio para a família da vítima para confessar que matou a companheira. Ele chegou a pedir desculpas e dizer que não queria fazer isso. Izairis foi encontrada por familiares caída na cozinha com várias perfurações no corpo, provocadas por faca. 

"Morreu, ela está lá em casa. A Izairis morreu, véi. Estou vendo aqui para me entregar. Sei que vocês não vão querer mais me ver. Aí você vê com a mãe dela para ela ficar com as crianças. Levei lá para o meu pai, ele também não sabe de nada. Tá ligado? Veja aí, para você falar com sua família para ir lá na casa com os 'homi'. Estou esperando só um tempinho aqui, vou me entregar lá. Desculpa aí. É verdade, vei. Entre em contato com sua família para ir lá, resolver o que faz. Desculpa, vei, não queria fazer isso", disse na mensagem.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »