MENU

08/02/2022 às 20h20min - Atualizada em 08/02/2022 às 20h20min

Corregedoria e Ouvidoria do TRE receberá representantes de entidades de combate à corrupção eleitoral para firmarem parceria.

Em Maceió

Por: Redação
https://conectaalagoas.com.br/
Sede Tribunal Regional Eleitoral em Alagoas — Foto: Jonathan Lins/G1 Na próxima quarta-feira (09) o Ouvidor do Tribunal Regiona

Na próxima quarta-feira (09) o Ouvidor do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Eduardo Antônio Campos Lopes e o Desembargador Corregedor  Washington Luiz Damasceno Freitas receberá para firmarem parceria o Coordenador do Movimento de Combate á Corrupção Eleitoral em Alagoas, Fernando Cpi, Coordenador Nacional do Movimento Caras Pintadas, Raudrin de Lima, Coordenador do Núcleo de Combate a Improbidade Administrativo, Marcos Souza, Coordenador do Movimento Gatos Pingados,Dartanhan Holanda, Higino Vieira da Federação Alagoana de Thiathlon, além de outros membros dos movimentos de combate á corrupção.

A parceria visa planejar o reforço de fiscalização em regiões com histórico em crimes eleitorais, com o objetivo de combater e prevenir ações como fakes news nas redes sociais e compra de votos durante o pleito eleitoral de 2022. 

Fernando CPI, Coordenador Geral do MCCE em Alagoas salientou que “ esta parceria é inédita e histórica em Alagoas e só tem a contribuir por uma eleição mais limpa, ética e democrática “.

Feliz e orgulhoso é como se sente o Coordenador do Movimento Político Gatos Pingados em Alagoas, Dartanhan Holanda pelo fato  do TRE, por intermédio do desembargador Eduardo Lopes, buscar estreitar as relações do Tribunal com os representantes da sociedade civil organizada para ações convergentes de orientação, fiscalização e combate aos crimes eleitorais.

 

"Iremos com essa parceria, fazer valer á vontade popular, combatendo os políticos que querem comprar a consciência da população, burlando ás eleições", afirma Raudrin de Lima , Coordenador Nacional do Movimento Caras Pintadas.

" Nosso compromisso é com à democracia, uma conquista do povo brasileiro, iremos contribuir para que á vontade popular seja respeitada com lisura", cravou,  Marcos Souza, Coordenador do Núcleo de Combate á Improbidade Administrativa.

 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »