MENU

31/10/2021 às 20h47min - Atualizada em 31/10/2021 às 20h47min

COP26 começa em Glasgow com tom otimista sobre compromissos climáticos

Presidência da confederação foi então entregue cerimonialmente de Carolina Schmidt, Ministra do Meio Ambiente do Chile e presidente da COP25, para Alok Sharma

Ivana Kottasováda CNN
https://www.cnnbrasil.com.br/
Alok Sharma, presidente da COP26 REUTERS/Guglielmo Mangiapane

COP26 começou oficialmente em Glasgow.

A cerimônia de abertura começou com um minuto de silêncio para as vítimas da pandemia Covid-19.

A presidência da COP foi então entregue cerimonialmente de Carolina Schmidt, Ministra do Meio Ambiente do Chile e presidente da COP25, para Alok Sharma, um membro do Parlamento britânico e presidente da COP26.

A presidência da COP é rotativa entre os cinco grupos regionais, designados como África, Ásia, Europa Oriental, América Latina e Caribe, Europa Ocidental e outros

O grupo de “outros” estados inclui Austrália, Canadá, Islândia, Nova Zelândia, Noruega, Suíça e Estados Unidos da América.

Em seu discurso de abertura, Sharma atingiu tom otimista, dizendo: “Nós sabemos o que precisamos fazer. Porque seis anos atrás, em Paris, concordamos com nosso objetivo comum. Dissemos que protegeríamos as pessoas e a natureza dos efeitos das mudanças climáticas.”

“Podemos levar as negociações adiante ou podemos avançar em ambições crescentes. Portanto, vamos nos reunir nessas duas semanas e garantir que o que Paris prometeu a Glasgow seja cumprido”, disse Sharma.

Schmidt usou seu discurso de saída para enviar uma mensagem aos líderes do G20, a maioria dos quais está em Roma na cúpula do G20.

“O sucesso da COP26 será avaliado em três áreas: (corte de emissões) ambições, finanças e regras … Gostaria de fazer um apelo aos líderes do G20 para que cumpram seus compromissos”, disse Schmidt.


Reprodução
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual melhor candidato?

58.2%
25.4%
16.4%