MENU

11/10/2021 às 22h30min - Atualizada em 11/10/2021 às 22h30min

Oito municípios de Alagoas ainda não registraram homicídios em 2021, aponta levantamento

Redação
https://www.cadaminuto.com.br/
Viatura do IML / CadaMinuto - Arquivo
Dados do boletim mensal sobre Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI) apontam que oito municípios de Alagoas não registraram assassinatos, entre os meses de janeiro a setembro de 2021. Por outro lado, três cidades aparecem no estudo como as que mais registram homicídios no período.
 

De acordo com o CVLI, os municípios de Palestina, Olho D'Água Grande, Minador do Negrão, Chã Preta, Monteirópolis, Pariconha, Belo Monte e Branquinha ainda não registraram assassinatos este ano.

Já as cidades de Arapiraca, Rio Largo e União dos Palmares foram as que mais registraram homicídios, segundo o levantamento. Arapiraca teve 51 assassinatos e ocupa a primeira colocação. Rio Largo e  União dos Palmares aparecem na sequência, com 29 e 26, respectivamente.

São considerados CVLI  crimes como homicídio doloso, roubo seguido de morte (latrocínio), lesão corporal seguida de morte e resistência com resultado morte. 

Ainda conforme o levantamento,  Arapiraca concentra 12,9% do total de CVLI registrados em Alagoas, Maceió tem o percentual de 31,1%.

Só no mês de setembro, Alagoas registrou 93 homicídios, 17 vítimas a mais que agosto com 76, um aumento de 22,3% do número de mortos em um mês.

De janeiro a setembro deste ano, 821 assassinatos correram em Alagoas, uma média de 3,01 vítimas por dia. A faixa etária que concentra mais homicídios é a de 18 a 29 anos com 44,1%, seguida dos 30 aos 59 anos, com 33,3%, segundo o boletim da SSP.

O CVLI aponta também que o instrumento mais utilizado para os crimes ainda é a arma de fogo, em 67,7% dos casos, seguida por arma branca, com 16,1%, e espancamento, com 6,5% das mortes.


 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual melhor candidato?

58.2%
25.4%
16.4%