MENU

11/10/2021 às 20h49min - Atualizada em 11/10/2021 às 20h49min

Falta de respeito e despreparo: Cliente da Caixa Econômica Federal passa por constrangimento após ser vítima de golpe em Agencia do Farol

Aproximadamente de R$17.000,00(dezessete mil reais) teriam sido desviados

Jornalista Maciel Vieira
https://alagoasatenta.com/
Por Cortesia
Na manhã de hoje (11 de outubro), um cliente da Caixa Econômica Federal, agência Farol, depois de ter recebido um golpe com um valor de aproximadamente R$ 17.000,00 ( dezessete mil reais), foi recepcionado e tratado com gestos obscenos  por parte da segurança armada da CEF,  que não o deixou entrar e de forma indelicada e total falta de respeito, respondeu ao cliente se utilizando de um expediente que não consta na grade curricular dos cursos de capacitação para a finalidade a qual foi escolhida - Ofensa mostrando o dedo médio - para o esposo da cliente. O gesto obsceno partiu de uma das agentes de segurança que estava de plantão no posto de atendimento, no momento em que a vítima chegou em busca de atendimento para tentar resolver o problema existente por volta das 11hs da manhã, saindo às 16 e 30h da tarde, sem que nada fosse resolvido de forma satisfatória. Segundo relato, a negativa da Caixa em ofertar a devolução do dinheiro perdido pelo golpe, bem como, a abordagem ofertada pelos funcionários da agència que, disponibilizava atendimento a vários clientes e ignorava a presença sem premitir a entrada do mesmo nas dependências do estabelecimento. Depois de flagrada com o dedo médio apontado na vertical, como forma de deboche e descaso, a segurança tentou buscar refúgio por trás de alguns equipamentos e pessoas dentro da agência.

Revoltado com a situção, o esposo da vítima relatou que, em nenhum momento a instituição via gerência ou a quem de direito tentou minimizar a situação explicando como foram feitas às transações que fizeram sumir aproximadamente 17m da conta de sua esposa - cliente da Caixa -, além de não explicarem como foi clonado o APP da Caixa, supostamente utilizado para efetuarem as transações e desaafou 
" roubaram 17mil e não foi 17 reais e vocês ainda não me deixam entrar na agencia".


Diante dos fatos ocorridos e dos constragimentos demonstrados em vídeos e imagens, medidas judiciais serão tomadas e os responsáveis que respondam na forma da lei, concluiu a vítima.

Veja vídeo:
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual melhor candidato?

58.2%
25.4%
16.4%