MENU

31/08/2021 às 14h29min - Atualizada em 31/08/2021 às 14h29min

Mães e esposas de presos fazem protesto e fecham vias em Maceió

No início da tarde desta terça-feira (31), familiares de presos fecharam diversas vias em Maceió para protestar pela retomada de visitas e entrega de feiras no Sistema Prisional. As visitas e a entrega de alimentos aos reeducandos estão suspensas desde ontem (30), quando foi iniciada mais uma paralisação dos policiais penais

Redação TNH1
https://www.tnh1.com.br/noticia
Esposas de detentos fazem protesto na Avenida Fernandes Lima - Foto: Reprodução/Internet

Nesta manhã, uma comissão formada por mães e esposas de presos participou de uma reunião na Secretaria de Estado de Ressocialização e Inclusão Social (Seris), no bairro Farol, de onde saíram em caminhada com destino à Avenida Fernandes Lima, parcialmente interditada durante a manifestação que reuniu centenas de pessoas. Na sequência, elas seguiram em direção ao Palácio República dos Palmares, no Centro, bloqueando a Ladeira dos Martírios e causando grande congestionamento na região.

Guarnição do Centro de Gerenciamento de Crises da Polícia Militar foi acionada para tentar a liberação da via. As manifestantes também cobram a divulgação de um calendário extra para visitas e entrega de alimentos no complexo penitenciário.

Ao TNH1, a Seris informou manter o diálogo aberto com os familiares dos reeducandos, acrescentando que uma audiência a ser realizada no próximo dia 08 de setembro vai debater uma solução ao impasse envolvendo os policiais penais. Até lá, segundo o sindicato, procedimentos como as visitas aos reeducandos seguirão suspensas.

Confira, abaixo, a íntegra da nota:

A Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (SERIS) informa que mantém aberto o diálogo com os familiares dos reeducandos. Prova disso é que, nesta terça-feira (31), o secretário da Ressocialização, coronel PM Marcos Sérgio de Freitas, reuniu-se com uma comissão de familiares para debater demandas apresentadas à gestão prisional.

Na oportunidade, o secretário explicou seguir confiante de que o pleito dos policiais penais também será atendido na próxima quarta-feira, 08 de setembro, data prevista para a realização de uma audiência entre representantes da SERIS, SEPLAG, Governo do Estado e Sindicato dos Policiais Penais.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »