MENU

15/08/2021 às 19h37min - Atualizada em 15/08/2021 às 19h37min

Desfaçatez célere! Após OAB entrar no caso Filho que internou Jane Cigana tenta escapar da Justiça

Tiraram Jane Cigana de hospital psiquiátrico e foram se utilizar de artimanhas em clima de "suposta família feliz" para escapar do MP

Por: Redação
https://ofatoal.com.br/
Foto:Patrick Magalhães, Maurício Marculino e Jane Cigana(Jane Magalhães).
Na madrugada deste sábado para domingo dia (15 de agosto de 2021), o filho mais velho de Jane Cigana (Jane Magalhães), senhor Patrick Magalhães, depois de tomar conhecimento que a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), entrara no caso, enviou mensagens para o Jornalista Raudrin de Lima, pedindo pra dar publicidade a atual situação de sua genitora, agora fora do Hospital, depois da pressão recebida, conforme PRINTS de imagens e vídeo abaixo:
Aspecto diferente

Nas fotos e vídeo enviado notamos  uma Jane Cigana, com sorriso morto, sem suas habituais vestimentas da cultura cigana, desta forma, demonstrando que a mesma está sendo privada de viver a plenitude de sua escolha - a cultura cigana - . O Movimento Caras Pintadas e MCCE-Al, autores das representações junto aos Ministérios Públicos ( federal e estadual)  e OAB, iráo pedir investigação sobre a situação atual de Jane Cigana, além de seguir em frente nas representações com processos criminal e civil em relação aos danos sofridos pela mesma


Por: Jornalista Raudrim de Lima

Tentativa de escapar das ações da OAB com o Ministério Público de Alagoas com encenações cínicas filho de Jane Cigana , Jane em sua expressão facial demonstra descontentamento.
 
Diante dos acontecimentos, vale ressaltar que, os Movimentos estão em contato com a Rede Globo Nacional e Rede Record, buscando a cobertura desse caso, que tomou dimensão nacional, inclusive com a adesão várias personalidades nacionais que se mostraram indignados. 
“Iremos lutar para garantir os direitos civis da Jane Cigana, dos seus bens e em sua liberdade religiosa”, afirma Raudrin de Lima, Coordenador Nacional do Movimento Caras Pintadas.
 
Segundo, Fernado CPI, Coordenador do MCCE - Al “Iremos tomar todas as providências para restabelecer a plena liberdade de Jane Cigana, que ela não seja frustrada, na sua cultura e liberdade de IR e VIR, e poder exercer sua religião sem a intolerância religiosa, sendo a sua escolha, o seu leme". Finaliza.
Pelo adiantado da hora a redação não conseguiu falar com o Dr. Betinho da OAB, para se pronunciar sobre o caso, O Fato fará entrevista exclusiva com Dr. Alberto Jorge (Betinho), sobre o grotesco caso.Aonde anda Jane Cigana?
 

Por: Redação

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »