MENU

13/08/2021 às 21h59min - Atualizada em 13/08/2021 às 21h59min

Bolsonaro usou cota parlamentar para custear viagem de lua de mel

Da Redação
https://www.msn.com/
Por: Reprodução

O livro “Nas asas da mamata: A história secreta da farra das passagens aéreas no Congresso Nacional”, dos autores Eduardo Militão, Eumano Silva, Lúcio Lambranho e Edson Sardinha, vai ser lançado na semana que vem pela editora Matrix. Nele, serão mostradas várias revelações sobre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Uma delas, de acordo com a colunista Juliana Dal Piva, do UOL, é sobre a lua de mel do presidente, quando ainda era deputado federal. Um dia após se casarem no civil, em 2007, Bolsonaro e Michelle foram para Foz do Iguaçu em um voo da Gol. Para fazer a viagem, eles fizeram uso de verba da cota parlamentar.

As passagens custaram R$ 1.729,24 e Bolsonaro informou à Câmara sobre a ausência. Ele ficou fora por sete dias e justificou sua saída, de forma interna, para evitar corte de salário, como “núpcias”. Após um processo administrativo, Bolsonaro foi liberado pelo então presidente da Casa, Arlindo Chinaglia (PT-SP).


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »