MENU

06/02/2022 às 16h35min - Atualizada em 06/02/2022 às 16h35min

Maceioenses celebram primeiro fim de semana de escolas com portas abertas

Programa Lugar de Família é na Escola cede o espaço de unidades educacionais para realização de atividades culturais e esportivas

Pâmela de Oliveira (estagiária)/Ascom Semed
Foto: Mauro Fabiani / Ascom Semed
Capoeira, boxe e futebol. Foi com estas atividades que a Escola Municipal Professora Maria José Carrascosa, no Poço, iniciou o primeiro fim de semana de funcionamento do Programa Lugar de Família é na Escola. Famílias da comunidade estiveram na unidade escolar, neste sábado (5), para o desenvolvimento de atividades lúdicas, culturais e esportivas.



Comunidade participa de primeiro fim de semana do Programa Lugar de Família é na Escola. Foto: Mauro Fabiani/Acom Semed


Durante o mês de fevereiro, participam do programa nove unidades de ensino, abrindo suas portas para a comunidade durante sábados e domingos, das 9h às 16h. Nesta primeira fase, integram o projeto as Escolas Municipais Lenilto Alves, Eulina Alencar, Nosso Lar I, Lindolfo Collor, Rui Palmeira, Natalina Costa, Maria José Carrascosa, Pedro Barbosa Júnior e Hermínio Cardoso. Em março, outras dez escolas serão acrescidas à iniciativa.

Durante todo este sábado, o contato com os ensinamentos do esporte e da cultura levaram momentos de muita diversão e interação social para as escolas da rede. Luan Mateus, que estuda o 4º ano na Escola Maria José Carrascosa e é morador da região, celebrou o momento.


Luan Mateus e Caio Davi ficaram animados em poder usar o espaço da escola para a prática esportiva. Foto: Mauro Fabiani/Ascom Semed

“Antes da escola abrir pra gente brincar tinha que jogar bola na rua, no sol quente e agora a gente pode vir pra escola jogar com os amigos”, disse. Seu amigo e também morador do bairro, Caio Davi, elencou diversas atividades que agora podem ser feitas com segurança e conforto dentro da escola. “Dá pra jogar bola, queimado e um monte de coisa. Antes a gente brincava na rua e agora tem como brincar de tudo na escola, com trave na quadra, cobertura e tudo. É muito melhor”, disse animado.

Secretário de Educação, Elder Maia, participa de atividades em escola. Foto: Mauro Fabianni / Ascom Semed

Secretário de Educação, Elder Maia, participa de atividades em escola. Foto: Mauro Fabianni / Ascom Semed


Secretário de Educação, Elder Maia, participa de atividades em escola. Foto: Mauro Fabianni / Ascom Semed

O secretário de Educação, Elder Maia, também esteve na escola e falou sobre a importância do programa para a comunidade. “Sabemos que a comunidade dispõe de pouca oferta de equipamentos para a realização dessas atividades, então a partir de agora, por determinação do prefeito JHC, o programa Lugar de Família é na escola passa a viabilizar a inclusão social, lazer e dignidade para as famílias da nossa capital”

Comunidade agradecida

A fim de promover para a comunidade, cuidados com a saúde física e mental através da prática da capoeira, estiveram presentes também mestres de luta e expressão cultural, como o Mestre Aleluia, que desenvolve um importante trabalho com a capoeira há mais de 40 anos. Ele disse que se sente alegre ao ver as crianças da comunidade praticando a luta dentro da escola.

Mestres Aleluia, Mão de Onça e Betinho da Capoeira (da esquerda para a direita) levam prática da luta para comunidade. Foto: Ascom Semed

“Me alegro muito quando vejo as crianças brincando com a capoeira, exercendo o lúdico, e as portas abertas da escolas reacendem a importância da cultura com atividades que agregam”, afirmou.

Os mestres Mão de Onça e Betinho da capoeira falaram sobre a iniciativa proporcionada pela Prefeitura de Maceió, através do programa Lugar de Família é na Escola. “Nós agradecemos muito essa oportunidade que a prefeitura está dando, para que nós da capoeira possamos difundir nosso trabalho entre as crianças da comunidade. Espero que o programa cresça e abra ainda mais portas”, disse o mestre Mão de Onça.

Já Betinho ressaltou a importância da promoção da cultura. “Eu acredito que um país, estado e cidade que não tem cultura é um lugar sem vida. Então, eu vejo esse programa com uma importância extraordinária, que funciona como uma oportunidade de fortalecimento da comunidade e da sociedade de modo geral”, afirmou.


Alysson David, professor de boxe e Sheila Canuto também foram até a escola neste sábado. Foto: Mauro Fabianni / Ascom Semed

O professor de boxe, Alysson David, também fez parte do momento. “É uma honra máxima ingressar nesse programa e poder levar o esporte para a comunidade e, de forma direta, incentivar as crianças a praticar a disciplina do esporte em todos os seus meios”, disse.

Sheila Canuto é uma das representantes da comunidade que esteve no local para acompanhar e supervisionar as práticas exercidas pelas crianças. “Esse programa vai valorizar e engrandecer ainda mais atividades esportivas e lúdicas como a capoeira, com a escola cedendo seu espaço durante os fins de semana para que a gente possa utilizar”, reforçou.

Como participar

Moradores, lideranças comunitárias e conselheiros tutelares deverão preencher o formulário de atividade disponível neste link e entrar em contato com a Secretaria Municipal de Educação (Semed) através do e-mail familianaescola@semed.maceio.al.gov.br ou dos telefones (82) 99611-8930 e (82) 9974-7636 (WhatsApp), das 9h às 16h, de segunda a sexta-feira.

O número de vagas será definido de acordo com a capacidade de cada escola da rede municipal de ensino.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »