MENU

25/10/2021 às 19h53min - Atualizada em 25/10/2021 às 19h53min

Estudantes da rede municipal recebem prêmios em concurso de redação da Esmal

Ao todo, 15 estudantes da rede foram premiados com tablets e kits de materiais escolar, além de profissionais da educação

Luan Oliveira (estagiário) / Ascom Semed
http://www.maceio.al.gov.br/
Luan Oliveira (estagiário) / Ascom Semed
Alunos de escolas da rede municipal foram premiados nesta segunda-feira (25) durante a oitava edição do Concurso de Redações da Escola Superior da Magistratura de Alagoas (Esmal). O concurso é parte do Programa Cidadania e Justiça na Escola (PJCE) e envolveu as Escolas Municipais Antídio Vieira, Haroldo da Costa, João Sampaio, Pompeu Sarmento e Silvestre Péricles.
 

Foram premiados três colocados em cada uma das cinco escolas, além de uma campeã geral da rede municipal. Os primeiros colocados das escolas foram recompensados com um kit composto de uma mochila com materiais escolares e tablets, e os segundos e terceiros colocados com o kit escolar.

O secretário municipal de Educação, Elder Maia, parabenizou os vencedores e destacou o compromisso da pasta com a sua parceria com a Esmal. “Vamos continuar com esse convênio e vamos expandir. Queremos a Esmal como uma parceira ainda mais firme nessa empreitada de estimular o exercício da leitura e da escrita”, afirma Elder.

“Todas as redações premiadas abordaram questões de cunho social, como violência doméstica, discriminação racial. Isso é extraordinário, porque desenvolve a reflexão crítica nos estudantes ainda jovem, e faz com que as instituições assumam essa responsabilidade. Fortalece a luta de toda a sociedade”, pontua o secretário.

A doutora Karolina Valões incentivou os estudantes presentes a continuarem no caminho da educação. Foto: Luan Oliveira / Ascom Semed

A coordenadora do Programa Cidadania e Justiça na Escola, doutora Karolina Valões, incentivou os estudantes presentes a continuarem no caminho da educação. “Eu fui reprovada em vários concursos e várias provas, eu precisei estudar e ler, ler muito. Continuem e avancem na leitura, na escrita, para chegarem aonde vocês querem chegar. É por meio da educação que vocês vão conseguir fazer a diferença”, aconselhou a juíza.

Além dos estudantes, também foi premiada com um tablet a professora Mirian Melo, que orientou a estudante que ficou em primeiro lugar na rede municipal de ensino, e a diretora Andréa Martins de Menezes Costa, da Escola Municipal Tradutor João Sampaio, que teve a maior média geral

Fotos: Luan Oliveira / Ascom Semed

A primeira colocada geral, Everlin Vitório da Silva Alves, agradeceu seus professores e se disse gratificada. “Sempre gostei muito de escrever textos, e espero muito um dia ocupar o lugar de juíza. Acho muito importante esse incentivo dado aos alunos para serem alguém um dia”, conta.

Neste ano, o tema da redação foi “Cidadania: educando e construindo valores”. Além da redação, eles também receberam capacitações no decorrer do ano letivo no projeto “PCJE On-line”, onde ouviram sobre temas como direitos do idoso e a prevenção da violência doméstica.

Luan Oliveira (estagiário) / Ascom Semed

 


 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual melhor candidato?

58.2%
25.4%
16.4%