MENU

24/03/2021 às 20h18min - Atualizada em 24/03/2021 às 20h18min

Online: Maceió envia 98% de dados da vacinação em tempo real

Ana Cecília – Ascom SMS
http://www.maceio.al.gov.br/
Foto: Itawi Albuquerque

Os outros 2% vem das equipes volantes que realizam a vacinação em instituições de saúde e acamados

Maceió segue avançando na vacinação contra à Covid-19 e atenta à transparência dos dados. Todas as informações coletadas nos pontos de vacinação são enviadas online ao Ministério da Saúde, o que permite a atualização dos dados de forma quase que imediata. As informações provenientes dos postos somam pouco mais de 98% dos dados relativos à vacinação na capital alagoana. O restante vem das equipes volantes que realizam a vacinação em instituições de saúde e acamados.

Os excelentes índices de divulgação acontecem graças ao empenho dos colaboradores que atuam nos postos de vacinação. “Além dos aguerridos profissionais da saúde, que estão na linha de frente, temos também os profissionais de TI, que enviam esses dados direto para o Ministério da Saúde. Agilizando as informações e garantindo uma transparência nos dados de Maceió”, explica o prefeito JHC.

“O registro desses dados é feito nos locais de vacinação, de forma individual, através do CPF da pessoa vacinada, logo após elas passarem pelas etapas da triagem e da vacinação, e isso otimiza a divulgação desses números”, destaca Fernanda Rodrigues, diretora de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Todas as equipes que atuam nesses locais fazendo o registro dos índices de vacinação são contratadas pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e treinadas pela Gerência de Imunização do órgão, de forma a garantir uma divulgação célere, eficiente e transparente destes números. Os técnicos responsáveis contam também com o suporte de uma equipe de Tecnologia da Informação (TI).
 

O registro dessas doses pelo CPF também é importante porque permite o acompanhamento da população imunizada, evitando a duplicidade de vacinação e monitorando possíveis eventos adversos pós-vacinação, garantindo o acompanhamento dos vacinados e o desenvolvimento de cada etapa da imunização.

Ana Cecília – Ascom SMS


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »