MENU

26/07/2021 às 14h11min - Atualizada em 26/07/2021 às 14h11min

Advogada é liberada após criança de 2 anos que estava sob sua tutela morrer afogada

Por: Redação
https://www.cadaminuto.com.br/noticia
Central de Flagrantes / Foto: Cada Minuto / Arquivo

Uma advogada foi presa acusada de abandono de incapaz após uma criança de 2 anos, identificada como Luan Henry de Souza Santos, que estava sob sua tutela, morrer afogada em uma residência da Praia do Francês, em Marechal Deodoro, Região Metropolitana de Maceió, neste sábado (24).

A criança foi encontrada no fundo da piscina e chegou a ser levado até uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas já chegou no local sem vida. Foi confirmada a morte por afogamento.

De acordo com os depoimentos prestados à polícia, a advogada, seu esposo e amigos do casal estavam na casa onde ocorreu o fato. A acusada havia colocado a criança para dormir no quarto, voltou para a área externa e, quando foi olhar novamente a criança, viu que ela não estava onde havia deixado.

Foi então que iniciaram as buscas por Henry e o encontraram na piscina.

A polícia esteve presente na residência e isolou o local. A mulher foi levada até a Central de Flagrantes, onde foi presa por abandono de incapaz com resultado morte.

Na noite deste domingo (25), a advogada teve a liberdade provisória decretada, após solicitação dos advogados criminalistas Rayanni Mayara e Carlos Ângelo, com o alvará da juíza plantonista de Marechal Deodoro.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »